“Um mago nunca se atrasa, ele chega exatamente quando pretende”, disse Gandalf em “O Senhor dos Anéis”. Esta famosa citação poderia muito bem se aplicar a Marko Kolanovic, cujo apelido no mundo financeiro reflete seu status como um dos gurus mais respeitados de Wall Street. Apelidado de “Gandalf de Wall Street” em 2015 por sua capacidade de antecipar movimentos de mercado, Kolanovic está se preparando para deixar o JP Morgan após 16 anos de serviço.

Durante seu tempo no JP Morgan, Kolanovic atuou como Chefe de Estratégia Global e Co-Chefe de Pesquisa Global. No entanto, um memorando interno da empresa revelou que Kolanovic está “explorando outras oportunidades”. Ele será substituído por Dubravko Lakos-Bujas como Estrategista Chefe e por Hussein Malik em sua função de Investigador Global. Além disso, Stephen Dulake e Nicholas Rosato liderarão um novo braço do departamento de pesquisa.

A saída de Kolanovic segue dois anos de previsões falsas. Em 2022, Kolanovic mantém uma postura extremamente otimista, levando a uma revisão para baixo das expectativas financeiras, já que o S&P 500 subiu 19%. Em 2023, sua previsão do mercado negro se mostrou errada, já que o S&P 500 perdeu 14% no primeiro semestre e 24% no ano inteiro.

Apesar desses erros, Kolanovic foi um dos poucos analistas em Wall Street a manter suas previsões de vendas, enquanto outras grandes empresas financeiras, como Goldman Sachs, Citigroup e Bank of America, ajustaram suas previsões para cima. Sua análise ajudou o JPMorgan a chegar a uma estimativa de lucro menor para o S&P 500 este ano, chegando a 4.200 pontos, enquanto o índice atingiu recentemente 5.500 pontos pela primeira vez em sua história.

Originalmente da Croácia e com diplomas em física e física teórica pelas universidades de Zagreb e Nova York, Kolanovic concluirá assim seu tempo no JP Morgan, tendo ingressado na empresa em 2008 após períodos no Merrill Lynch e Bear Stearns. Como Gandalf partindo para o Golden Gates, Kolanovic deixa o JP Morgan com um legado de previsão e análise que marcará sua carreira no mundo financeiro.